Visitantes

terça-feira, janeiro 27, 2009

O Trem (o ano que veio)


De manhã,
vem um trem
e nos reinaugura
o óbvio.

Ou não será o óbvio
a nos reinaugurar -
logo de manhã -
um trem?


(texto e desenho de Chuí - clique na imagem para ampliar)

17 comentários:

Rafaela Figueiredo disse...

É... o trem da vida não pára.
Mas acho q é o óbvio a nos reinaugurar.

Beijão!
Amei o desenho!

Anônimo disse...

Ferds,
Muitos trens (?)... muitos!
Síntese que remete ao meu momento... estou partindo sábado para Barcelona e retorno final de abril... digo depois as minhas "reinaugurações!"
Fique bem e excelente ano "pra nóis", Ferds!
Abração e saudade,
Giuls

Denise H. disse...

A reinauguração do óbvio é um ritual de comemoração por mais um momento ganho.
Que venham os trens! Os trens de sempre!
Mas que os trens nos supreendam!
Beijo!

Anônimo disse...

gostei desse trem
guappo

Roberta Martins disse...

o óbio é que vc é de uma delicadeza que nem sei...

p.s. o desenho é o meu preferido de todos os tempos!

Roberta Martins disse...

o óbio é que vc é de uma delicadeza que nem sei...

p.s. o desenho é o meu preferido de todos os tempos!

Yone disse...

Que linda imagem, a sua sensibilidade de sempre. Beijo

S. disse...

Good stuff man!

Tatiana Ribeiro disse...

Que bom que o trem voltou e nos trouxe de volta as palavras do "Fresta".
O desenho cada vez mais complexo nos detalhes...muito legal. Parece fotografia, mas como te falei, é fotografia da sensibilidade do desenhista.
Bjos

Anônimo disse...

UAU...Belos desenhos musicais...

Luiza disse...

Fernando, estou com muitas saudades e amei este trem. Sinto-me no momento os trilhos, mas tudo estou fazendo para me sentir a janela.
estou com uma enorme saudade

Anônimo disse...

Fer, já era hora de você voltar.
Por isso faço uma brincadeirinha...

No cotidiano
o óbvio é o trem nos trilhos
o blog na tela
o email na caixa
e o que não vem.

No sonho
o trem vai para o Oriente
o poema no blog
o email na idéia
e o que convém.

No coração
o trem traz o amado
o poema comove
o email é spam
e tudo vem.

bjs, Au

Luiza disse...

Querido Fê, bela imagem, o homem e o fiel companheiro, o cão...o movimento .. o trem da vida, do cotidiano , do dia, da hora, da memória...enfim!Tocante, criativo,artístico...adorei!

Lara disse...

Trem mais doido, sô!

=DDD

Thais disse...

Por incrível que pareça, "óbvio" é uma palavra cujo emprego me surpreende a cada dia...

Hamer disse...

Ler um trem bonito deste logo de manhã! Deu até um troço!!!

Hamer

Menezes disse...

O trem é como o rio

se um não descarrila

e o outro não transborda

um e outro seguem

no mesmo leito toda a vida



Óbvio ou não

manhã ou tarde

noite ou madrugada

cada viagem é única

irreprodutível



Aliás alguém não disse

mas poderia ter dito

que não se viaja duas vezes

no mesmo trem



Nem o passageiro é o mesmo

que é passageiro

nem o trem

que é de passagem...