Visitantes

sábado, novembro 13, 2010

7 tweets sobre o Amor


I
Quando a liberdade gritou a solidão a solidão gritou o amor e o amor gritou a neurose. E a liberdade se ouviu de novo - mas estava rouca.

II
Certo estado da indiferença é muito próximo da crueldade. Crueldade é o oposto passional do amor. Indiferença é o oposto racional do amor.

III
Saudade fábula: Alice que éramos, reino que dói como se nos colhesse a flor da pele dizendo a vida foi real. Uns dias, jardim.

IV
A claridade ilude porque nos distingue. A escuridão apavora porque nos iguala.

V
Sem qualquer discórdia, é você do lado oposto. Conflito ou equilíbrio. Contrária, cheia de terror, se atrai. Que tipo de coragem é o amor?

VI
Eu achava que era difícil. Mais tarde descobri que era impossível. Então eu vi que não passava de ilusão. Foi quando aconteceu.

VII
O descaso matou o amor. A rotina sufocou, o ciúme esfaqueou, a traição atirou. Ira degolou, cinismo cremou. E lá vai o amor, esse gato aí.

(desenho e haitweets de Chuí)

14 comentários:

Anônimo disse...

Você tem twitter?

Fernando Chuí disse...

Tenho, anônimo, abri este mês:
http://twitter.com/#!/FeChui
abs,
Chuí

Gab Miglino disse...

Lindo, Fer!

Anônimo disse...

que lindo fer!!!!te admiro a cada dia mais!!!!ne serafim

Fernando Chuí disse...

Obrigado, Ne Serafim!
beijos, Chuí

Fernando Chuí disse...

Fernando,

Contra a indiferença do amor, o carinho, o respeito e a admiração dos amigos.

Abs

Dinaura e José Carlos (curtindo a subsistência do “desenho como germe da liberdade”)

Renata disse...

por acaso, o ultimo tweet é de uma frase de Caio Fernando Abreu?
aqui vai um: Ria de mim, mas estou aqui parada, bêbada, pateta e ridícula, só porque no meio desse lixo todo procuro o verdadeiro amor.

o desenho... bom, sem palavras. Lindo, mesmo. tô parada há minutos observando *-*

Beijo Chui =)

Fernando Chuí disse...

Olá, Renata!
Não, os tweets foram todos meus escritos mesmo desse processo de escrita twitter no mês.
Mas vou atrás de conhecer o poeta que vc citou. A frase é muito boa!
Obrigado pelas palavras e deixe e-mail para retorno depois, tá?
Bjs,
Chuí

Regina disse...

muito bom Chui.................adorei.seus desenhos são incrivies..............amo"!!!!!!!!!!beijos re

Cris disse...

Nossa, assim que comecei a ler lembrei de "Rosa dos Ventos"...seria bom que todos os dias fossem jardim...
Ilusão... Já pensou que viver de ilusão é melhor que apenas sobreviver?
Um beijo,
Cris.

Rose disse...

Você é demais, parabéns, bjs.

Rose

Menezes disse...

Os tweets e o desenho lindamente se complementam e, como aponta em particular o IV, confundem porque nos distinguem e assustam porque nos confundem...

Fernando Chuí disse...

Cris, acho que só sei viver de ilusão. No resto do tempo apenas sobrevivo...
Bj,
Chuí

Danielle Barros disse...

Oi Fernando,
de vez em quando olho pela fresta...
E como hoje estou "saramaigando", resolvi escrever um poema dele :

No Coração, Talvez
"No coração, talvez, ou diga antes:
Uma ferida rasgada de navalha,
Por onde vai a vida, tão mal gasta.
Na total consciência nos retalha.
O desejar, o querer, o não bastar,
Enganada procura da razão
Que o acaso de sermos justifique,
Eis o que dói, talvez no coração.

José Saramago

beijos Dani