Visitantes

quinta-feira, janeiro 14, 2010

Ave Negra


Uma ave negra
sobrevoa o seu medo

Mas não se sabe
se é por fim um medo
de que ela desça
ou de que em vão
ela desapareça

Sem que você perceba,
É a sua própria voz
a balbuciar ao céu:

abutre-me, sim?


(poema e desenho de Chuí)

4 comentários:

Lara disse...

aiaiai!
deu medo (d mim). =P

Anônimo disse...

Nóia! Parabéns!

Rafaela Figueiredo disse...

uau!
bem Roseano...
'abutre-me' foi tudo!

beijo
tava com saudade daqui!

Gueixa disse...

Saltei para Uma Forma Particular de Dor até ser defitinivamente capturada por uma Ave Negra.
E olhe, nem quero ser resgatada.
Nunca mais. Me deixa ficar?